Dicas de LeituraInvista AGORA

O que é RDB?

abr . 18

Apesar de cada vez mais procurado por investidores, o RDB (Recibo de Depósito Bancário) ainda é um produto pouco conhecido da população em geral. Ele é uma alternativa de investimento em renda fixa, seguro e com rentabilidade superior ao da caderneta de poupança.

Seu nome e sigla lembram muito a de um outro produto de investimento mais conhecido, o CDB (Certificado de Depósito Bancário). Ambos são títulos de renda fixa privados representativos de depósitos a prazo emitidos em nome de pessoas físicas ou jurídicas. Podem emitir CDB os bancos comerciais, múltiplos, de investimento, de desenvolvimento e a Caixa Econômica Federal. Podem emitir RDB, além desses, as sociedades de crédito, financiamento e investimento (comumente denominadas por Financeiras) e as cooperativas de crédito. Os recursos captados através desses títulos são direcionados para empréstimos e financiamentos diversos dessas instituições.

A única diferença entre os títulos é que o CDB possibilita a negociação no mercado secundário, ou seja, que o título possa ser transferido ou vendido para outra pessoa, diferente daquela primeira que a adquiriu.

O risco dos investimentos em renda fixa é considerado muito baixo, pois não está sujeito a instabilidades políticas ou especulações de mercado. Além disso possuem a garantia integral do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) até o limite de R$ 250 mil por CPF e por instituição financeira.

Ambos permitem liquidez antes do vencimento, segundo regras estabelecidas no ato da emissão dos títulos. No caso do RDB via PoupaBrasil Investimentos, se você necessitar do dinheiro antes do prazo estipulado, a correção será feita à 100% do CDI pelo tempo decorrido da data de aplicação até a data do resgate. E os pedidos de resgates realizados até às 18h, serão creditados no dia útil seguinte na conta corrente e banco informado no seu cadastro.

Importante, se solicitar o resgate apenas parcial, o valor restante de sua aplicação continuará sendo rentabilizado pela taxa original contratada de acordo com seu prazo. Agora, se você optar por deixar seu dinheiro investido até o dia de vencimento contratado, o resgate também é simples e direto: o PoupaBrasil Investimentos enviará um crédito através de uma TED (Transferência Eletrônica Disponível) para a conta corrente informada em seu cadastro.

Mais uma vantagem do RDB via PoupaBrasil Investimentos é que, da abertura do cadastro e durante o prazo do investimento não há cobrança de tarifas ou taxa de administração. Por falar nisso, começar a investir via PoupaBrasil Investimento é simples e rápido: o cadastro é preenchido no próprio site de forma simples e a aprovação é feita em minutos para o início dos investimentos. Com o cadastro concluído, é possível   optar pelo prazo e valor que melhor se adequa ao seu planejamento. Por lá você também pode acompanhar rendimentos, saldo e extrato, além de ofertas exclusivas. A página pode ser acessada por qualquer dispositivo de forma rápida e a qualquer hora do dia.

No RDB via PoupaBrasil Investimentos, a taxa é pós-fixada indexada à variação do CDI (Certificado de Depósito Interbancário).  e os rendimentos são bem superiores aos da caderneta de poupança, CDB´s de grandes bancos e títulos do tesouro direto.

O tributo incidente sobre este tipo de investimento é o Imposto de Renda. Ele é calculado somente sobre os juros ganhos.  O percentual irá variar de acordo com o prazo de aplicação. Na prática, quanto mais tempo de investimento, menor será o imposto cobrado. Isto porque a incidência de IR se dá de forma regressiva. Funciona assim: para aplicações com prazo de até 180 dias, o percentual de IR incidente será de 22,5%; para os investimentos com prazo de 181 a 360 dias, a tributação será de 20%; nos aportes com prazo de 361 a 720 dias, o imposto cobrado será de 17,5%; e nas aplicações acima de 720 dias, 15%.

Com essas informações em mãos, já é possível fazer uma simulação e ver as suas possibilidades de ganhos. Acesse www.poupabrasil.com.br e faça um teste.

 

 

Compartilhe!