Economia

Artigo: O que a crise tem a nos ensinar?

nov . 27

 ARTIGO

 *Cláudio Ferro

 

Tenho notado que a conscientização acerca da importância de poupar parte de seus recursos ao longo da vida é algo cada vez mais latente no Brasil. A situação, porém, está longe de ser considerada ideal.

Se considerarmos que estamos atravessando uma crise econômica extremamente delicada, atentar para a necessidade de poupar e pensar no futuro, passa a ser algo primordial.

A justificativa para esta afirmação vem com um simples questionamento: Se o Brasil possui hoje pouco mais de 13 milhões de desempregados; quantos se viram sem nenhum recurso quando perderam seus empregos?

Investir parte de sua renda num momento em que a palavra de ordem é reduzir custos pode parecer contraditório. É perfeitamente compreensível que a população esteja receosa, num estado constante de incertezas, o que acaba deixando muitos quase que inertes. Mas é aí que mora o perigo.

O que quero dizer é que a incerteza econômica atual deveria ser, na verdade, um dos principais gatilhos incentivadores para encarar o investimento como a solução e não como “mais um gasto” em seu orçamento. Afinal, uma vez que a economia precisará de um bom tempo para alcançar novamente os patamares de alguns anos atrás, é a coragem e a atitude, não a inercia, que poderão nos deixar numa situação mais confortável lá na frente.

Para aqueles que ainda não são muito familiarizados no ambiente de investimentos, é importante lembrar que hoje existem investimentos com risco zero e rentabilidade maior que a poupança.

São inúmeras as opções de investimento disponíveis hoje em dia, de acordo com o perfil de investidor   e seus objetivos de curto, médio e longo prazo. E a proximidade do 13° salário é uma ótima oportunidade para iniciar este projeto. Que tal não o gastar com algo supérfluo e começar a investir? Opte por investimentos seguros e rentáveis.

Aqueles que, no passado, se preocuparam em guardar e aplicar parte de sua renda, hoje certamente podem encarar este momento turbulento com um pouco mais de tranquilidade. Por isso, uma das lições mais importantes que a atual crise tem a nos ensinar é que o momento ideal para começar a investir é agora.

*Cláudio Ferro é CEO do PoupaBrasil

Compartilhe!

Comente