Meu Dinheiro

Quem é você na hora de investir?

fev . 25

Você saberia responder qual é o seu seu perfil de investidor? Se você tem dúvidas quanto a isso, o PoupaBrasil vai te ajudar contando três histórias de personagens, que têm até rotinas parecidas, mas que escolhem caminhos diferentes na hora de aplicar seu dinheiro.

Pedro, 43 anos, é gerente em uma empresa de médio porte. É casado, tem três filhos, um deles entrando no ensino médio. Ele sabe que não entende de investimentos, quer indicação de onde investir, mas não faz questão de aprender sobre o assunto. O executivo se programou para investir na educação das crianças, pagar escola e a tão sonhada faculdade. Para isso, preferiu não se arriscar – afinal, estamos falando do futuro dos filhos – e investiu em títulos de renda fixa, que oferecem segurança no investimento, boa rentabilidade e retorno, com ganho constante acima da inflação. Quando se trata de dinheiro, Pedro é conservador e busca o rendimento certeiro e, sobretudo, bastante seguro.

A Bia, 33 anos, começou a investir há pouco tempo, mas tem o bom hábito de guardar sempre o mínimo de 10% dos seu salário. Ela trabalha em uma agência de publicidade e sonha em fazer um mochilão pela Europa. Quando foi promovida e recebeu um bônus, decidiu que era hora de arriscar um pouco: manteve os investimentos em renda fixa que tinha com o salário anterior, e pesquisou sobre ações e títulos de maior risco para investir o valor do bônus. Mas antes disso, se empenhou para aprender sobre o assunto. Ela tem o perfil moderado – combina a renda garantida com um pouco de risco, em títulos que podem levar mais tempo para chegar ao retorno esperado -, mas também apresentam rentabilidade maior. Eventualmente, ela sabe que vai lidar com algumas perdas.

Já a Luísa, 27 anos, tem o perfil que chamamos arrojado. Ela conta com um ótimo cargo em uma empresa multinacional e entende muito do mercado financeiro. Por isso, prefere assumir riscos e apostar em títulos de risco e ações com retorno no longo prazo, mesmo que no início haja uma perda de capital. Ainda que boa parte de seu dinheiro seja investido dessa forma, ela tem uma carteira bastante variada: investimentos em renda fixa, pré e pós fixados, ações e outros títulos, garantindo sua segurança financeira. Ela do tipo que procura um produto diretamente. Luisa sabe exatamente o que quer.

Se você chegou até aqui, sabemos que você está pesquisando o que é melhor para você e para suas finanças. Se o seu perfil é conservador ou moderado, o PoupaBrasil é a única fintech especializada em renda fixa no país, e oferece produtos como o RDB e o LC sem taxas nem tarifas de administração – ainda, todos os investimentos através do PoupaBrasil possuem a garantia do Fundo Garantidor de Créditos – FGC, até o limite de R$ 250 mil por CPF e instituição financeira.

E se, por acaso, você for do tipo arrojado… Sempre é importante ter um investimento garantido! Pode contar com o PoupaBrasil também.

 

Saiba mais: www.poupabrasil.com.br

 

Sobre o PoupaBrasil Investimentos

PoupaBrasil é uma fintech de investimentos, a única no Brasil especialista em renda fixa com a garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). É uma plataforma digital, independente e sem fins lucrativos, que reúne instituições financeiras sólidas, que funcionam como ponte de acesso para que brasileiros se planejem financeiramente e criem sua própria poupança. Tudo de forma justa, sem tarifas e taxas de administração, acessível e segura.

Criada há três anos, o PoupaBrasil oferece títulos de renda fixa da Caruana, Dacasa, Lecca, Omni, Portocred, Santana, Santinvest e Via certa, com o apoio institucional da Acrefi (Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento).

Compartilhe!

Comente