Invista AGORAMeu Dinheiro

Vai investir em Previdência Privada para não depender da reforma do governo? Faça a sua previdência por conta própria

maio . 20

Para os mais jovens, a chegada da aposentadoria é um momento para se perder de vista. Mas as incertezas com relação aos rumos da Reforma da Previdência faz com que muitos comecem a se preocupar com um horizonte de longo prazo.

 

Diante deste cenário, o que fazer para ter uma aposentadoria tranqüila e sem depender do governo? Neste texto vamos mostrar o que você pode fazer para garantir um futuro próspero. Veja abaixo!

 

 

VGBL, PGBL e taxa de carregamento

 

Provavelmente, a sua primeira reação será pesquisar sobre opções de previdência privada. Neste ponto, você inevitavelmente vai se deparar com VGBL, PGBL e taxa de carregamento, comumente ofertada pelos bancos. E logo surgirão as primeiras dúvidas com relação a estas possibilidades.

 

Este tipo de previdência privada é um investimento financeiro bastante popular, porém pouco compreendida, cheia de regras e custos embutidos que influenciam na sua rentabilidade final. A taxa de carregamento, citada anteriormente, é uma delas, pois incide sobre cada depósito que é feito no plano contratado com a instituição, simplesmente para cobrir os custos de corretagem.

 

Há também os custos de administração, calculado sobre o patrimônio líquido para que a instituição financeira “cuide” do seu dinheiro, além da incidência de imposto de renda, que em alguns casos pode chegar a até 35%, diferentemente de produtos de renda fixa, que vai de 22,5% a 15% ao ano.

 

Faça sua previdência por conta própria

 

Uma excelente alternativa aos planos de previdência tradicionais é a possibilidade de você mesmo desenvolver sua própria previdência, formando uma carteira de títulos de renda fixa. Para isso, basta identificar os recursos que irá precisar no médio e longo prazo.

 

Neste contexto, ao avaliar algumas opções disponíveis, encaixam-se produtos como o CDB – Certificado de Depósito Bancário; a Letra de Câmbio; o RDB – Recibos de Depósito Bancário e o Tesouro IPCA+.

 

Comece a investir o quanto antes

 

Imagine uma situação hipotética onde você nunca investiu o seu dinheiro e chega quase sem nenhum recurso aos 65 anos de idade. Você só irá contar com o dinheiro que foi arrecadado durante o seu tempo de contribuição, o que pode não ser suficiente para arcar com seus custos.

 

Neste contexto, faz sentido juntar um dinheiro para aportes futuros? Certamente que não. E se por acaso você só começasse a se organizar financeiramente por volta dos 50 anos? Neste caso, você ainda teria 15 anos. Porém, teria que fazer aportes significativos.

 

Quando você começa a investir mais cedo, por exemplo, por volta dos 25 ou 30 anos, os aportes mensais serão menores. Simplesmente porque você terá um tempo bem maior para investir. Desta forma

 

Certamente há possibilidades melhores do que a previdência privada quando o assunto é tranquilidade na aposentadoria. Agora você já sabe que é possível montar a sua carteira de longo prazo sem depender do governo.

 

Gostou do nosso texto sobre como montar a sua própria previdência? Comente aqui embaixo o que achou!

 

Sobre o PoupaBrasil

Somos uma fintech de investimentos, o único marketplace especializado em renda fixa no Brasil, que reúne instituições financeiras que oferecem oportunidades de investimentos com a garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) e registro na B³.  Criado há três anos, O PoupaBrasil tem por objetivo democratizar o acesso da grande maioria dos brasileiros – que hoje estão limitados ao modelo da caderneta de poupança – a novas oportunidades com a mesma segurança e excelentes rentabilidades.

Compartilhe!

Comente